Fica decretado: abolir um lenço nos enche de sentimento de unidade.

Se vocês estiverem prestes a concluir um curso de administração, relações-públicas, publicidade, jornalismo, vocês devem fazer um TCC sobre como o escotismo brasileiro lida com certas situações dentro de sua forma organizacional. Chega a ser surreal como se tenta artificialmente imbuir um sentimento de “unidade” com ações estéreis do tipo…trocar um desenho, uma cor ou abolir um lenço. Ou seja, assuntos periféricos passam a ter contundente relevância, desde que nos ajudem a propagandear que uma gestão “está se movimentando”, nem que seja numa partida de ludo.

Continuar lendo

Anúncios

O que é uma intervenção branca?

caboVocês devem ter escutado o termo neste último ano, principalmente no cenário político do país. Uma intervenção branca seria um artifício de um grupo político para enfraquecer ou retirar um outro grupo de uma gestão. Os meios podem ser institucionais, ou seja, utilizando-se das normas vigentes de uma instituição ou usando a ilegalidade.

A região escoteira de Minas Gerais sofreu uma intervenção branca da diretoria executiva nacional. É que a DEN parece ter um novo hobby: colecionar casos de intervenções ilegítimas (Paraná, Maranhão) e, não contente, agora parte para as “brancas”. Mudam as moscas, mas…pois é.

Continuar lendo

UEB-SP impõe sanções a grupos que não participarem em atividade.

ueb-spA diretoria da UEB-SP marcou uma série de reuniões para o dia 30/07, em que prevê a presença da direção nacional. Para um desses encontros, a região exige a presença de um representante de cada grupo escoteiro de São Paulo.
Com o desejo de “mostrar a força da região”, o diretor-presidente da UEB-SP, sr. Jabs Costa, não teve melhor ideia do que fazer circular a possibilidade de sanções: impedir emissão de certificado de funcionamento, retiradas de pontos para o grupo padrão, entre outros.

Vejamos o comunicado (os negritos são meus) de um dos comissários depois da reunião de Conselho Consultivo, onde a diretoria regional tratou sobre “sanções”.

Continuar lendo

Conseguimos. Transformamos eleições regionais em circo.

ueb-spE, assim, já estamos enquadrados e nos adaptamos, do alto deste nosso desejo de moralizar, a um miserável sistema em que tudo vale para ou permanecer ou se agarrar às rédeas de um poder de gestão.
Lembremos que somos uma instituição onde se trabalha voluntariamente, e é de se estranhar que, supostamente sem flerte com o lucro, exista esta classe de desespero para assumir uma função diretiva.

Continuar lendo

“Abraço da Dignidade”

bandeirasNão é um movimento do tipo Free Hugs e não esperem ser abraçados, porque o abraço é seletivo.

A UEB-SP está convocando dirigentes, escotistas, pioneiros, seniores, escoteiros e até lobinhos para participar de uma manifestação contra a corrupção junto a entidades com ampla base social (sic) como…Lions, Maçonaria e Rotary.

Continuar lendo