Sobre os Distintivos de Patrulha.

Vocês devem ter visto a entrevista de Keith Richards, o guitarrista do Rolling Stone, onde ele dizia querer ser escoteiro para usar uma faca. Nada contra o motivo usado pelo músico. Particularmente, sentia verdadeira admiração pelo uniforme escoteiro.

O assunto, na verdade, não será tão extenso quanto seria falar do uniforme, ora chamado de farda, ora chamado de EIP (Equipamento Individual de Proteção). O artigo trata principalmente sobre Distintivo de Patrulha.

Gostaria que os colegas lessem um trecho do POR, que se refere ao Distintivo de Patrulha da seguinte maneira:

II – DISTINTIVO DE PATRULHA DE ESCOTEIROS
Ao ser definitivamente integrado à Tropa, incorporando-se a uma patrulha, e sempre que for transferido de uma patrulha para outra, o escoteiro receberá de seu Monitor o distintivo que o identifica como integrante da Patrulha. A Assembléia da Tropa escolherá qual dentre os dois modelos abaixo adotará:
a) Distintivo formado por quatro tiras de tecido, medindo 1,5cm de largura e 10cm de comprimento, na cor ou cores características da Patrulha, costuradas lado a lado em uma tira de tecido da mesma largura e numa das cores características da Patrulha. Deve ser usado pendente do lado esquerdo da camisa; ou
b) Distintivo circular, de 3,5cm de diâmetro, debruado em verde, com o desenho do animal, da estrela ou da constelação que representa a Patrulha, em preto, e, o fundo na cor ou cores que caracterizam a Patrulha. Deve ser usado na manga esquerda da camisa, em posição central, cerca de 3cm da costura do ombro.
É livre a escolha do nome e das cores da Patrulha.

O texto, como está redigido, pode trazer erros de interpretação. Reparem o que nos diz a última linha: É livre a escolha do nome e das cores da Patrulha. Esta linha, à primeira vista, parece invalidar as anteriores, deixando as cores à escolha dos patrulheiros.

Sabemos que estas cores poderiam, ou ao menos deveriam, ser convencionadas. Ou seja, os Morcegos daqui deveriam ser reconhecidos pelos Morcegos da Bolívia, por exemplo. O anexo I do POR nos dá SUGESTÕES sobre as cores, reafirmando que fica facultativo a escolha delas.

Ressalto, ainda, dois dados interessantes. Quando o animal totem escolhido pela Patrulha não consta na tabela de cores, a Patrulha poderá escolher as cores, o que é justo. Ainda, como curiosidade, o distintivo do ramo Sênior/Guia deve ser um quadrado de uma só cor, caso se refira a um acidente geográfico; ou um quadrado cortado diagonalmente com duas cores, caso seja de uma tribo indígena.

Sugestões

  • Abaixo vocês encontrarão dois arquivos em formato .pdf e hospedados no 4shared: são duas tabelas com algumas cores convencionadas para o ramo senior/guia e escoteiro/escoteira.
  • Os distintivos em formato de tiras são fáceis de produzir, assim como o são os quadrados. Infelizmente, por uma razão ou outra, não há registro de lojas escoteiras que produzam o distintivo circular de patrulha escoteira. A melhor opção continua sendo as tiras.
  • A última sugestão também trata sobre distintivos de patrulhas, no caso o de monitor. Mesmo que trabalhemos, há muito tempo, com a co-educação, não há até a data distintivos de Monitora e Submonitora. Recomendo às Guias e Escoteiras que, querendo, usem as tiras correspondentes, como sugere o POR (pág. 60 – download aqui).

Cores Ramo Escoteiro – download

Cores Ramo Sênior – download

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s