Atividades de Patrulha #7 – O bushcraft e o combustível sólido.

Os anos podem passar, o programa escoteiro pode mudar, mas há coisas que continuarão a ser do mesmo jeito: o nosso desejo de acampar, a alegria de levar uma vida ao ar livre, a satisfação em saber “se virar” na mata e em pensar que, no campo, estamos interpretando o papel daquele velho índio, explorador ou dos aventureiros que colonizaram o mundo.

Sobre esta “vida mateira”, os escoteiros de alguns países a chamam de Woodcraft (a arte da madeira, numa tradução livre), onde reúnem técnicas que vão desde a coleta da comida até a construção de um abrigo.
De uns anos para cá, tem-se falado muito em bushcraft (a arte do mato), um termo que pode definir algumas das técnicas usadas por nós, escoteiros, sem tirar o mérito do anterior (woodcraft), que pode ser confundido facilmente com o ofício dos artesãos e seus trabalhos em madeira.


O que seria o Bushcraft?

A palavra, apesar de ter sido usada antes, popularizou-se com o programa de Ray Mears na televisão.
O bushcraft engloba uma série de técnicas que vão além da sobrevivência. Reúne a capacidade do ser humano na adaptação e de sua inclusão em um meio considerado hostil, como pode ser uma floresta ou um deserto.

Além das técnicas e ferramentas modernas, o bushcraft também dá ênfase àquelas “artimanhas” que os nossos antepassados usavam em seu dia a dia para sobreviver.
O mérito por trás do bushcraft, além de outras coisas, é de ter revitalizado e trazido ao conhecimento de muitos as técnicas usadas por sertanistas, mateiros, exploradores, entre outros.

Há muitos praticantes do bushcraft pelo mundo e, no Brasil, o termo já é bastante conhecido.


Um exemplo

vários vídeos no Youtube feitos por Giuliano Toniolo, onde, além de explicar o que é bushcraft, ele ensina algumas técnicas dessa arte.

Ao passarem pelos seus vídeos, vocês verão muitas coisas conhecidas por nós, escoteiros. Destaca-se um vídeo sobre o combustível sólido, feito somente com algodão e velas. Vejam abaixo:


Onde praticar?

O meio ideal seria, claro, na mata. Mas nada impede que você e sua patrulha o pratiquem em qualquer lugar, inclusive no quintal de casa. Lembre-se: faça-o sempre com a supervisão de um adulto e seguindo as regras de segurança para evitar acidentes.


Os três apitos:

  • visite também o post sobre técnicas de orientação.
  • procure no Youtube sobre Ray Mears e assista aos seus programas.
  • participe dos foruns sobre bushcraft, pois além de fazer amigos você aprenderá muitas técnicas em relação a esta arte.
Anúncios

7 pensamentos sobre “Atividades de Patrulha #7 – O bushcraft e o combustível sólido.

  1. Sem dúvidas estas técnicas são excelentes mesmo! Gostei muito .

    Prezado amigo, vc tem este videos em DVD quanto custa, quero compra-los para aapreender mais e ensinar aos escoteiros de meu Grupo.

    Meu nome é Ronaldo e sou de Barcarena no Pará.

    Obrigado! Aguardo seu email.

    • Olá Ronaldo!
      Este vídeo foi encontrado no youtube e é de autoria de Giuliano Toniolo.
      Desconheço se ele disponibiliza estes vídeos em formato DVD. Mesmo assim, tente entrar em contato com ele pelo seu canal no youtube: http://www.youtube.com/user/giutoniolo
      Um abraço e grato pela visita!

  2. Companheiros de jornada, Texeira Silva & Hildebrand Robleño. Eu tambem gostaria de ter o material acima em mini cds. Acredito que tendo esses mini cds ( sei que parece uma palhaçada em termos de custo eis que os cds normais são mais em conta ) se poderia “dispensá-los” a cada patrulha para serem usados nas reuniões internas.

    Eu não estou muito preocupado se o material possa ser sim ou ser não duplicado. Quem o coloca na internet, sabe que assim será, querendo ou não.

    Uma gentil referencia a ultima fonte na qual vimos, uma especie de “se é grato a fulano que em data tal serviu de fonte etc”

    Acho que se Texeira Silva concordar em copatrocinar uma edição de dois Cds.. eu a condividiria com prazer e Hildebrand Robleño entraria com a sua parte nesta “sociedade de capital e industria “.

  3. O cantil com a caneca e a espiriteira á alcool são uma otima ferramenta de cozinha. Visto que no minimo a atividade é feita com 03 pessoas…. 3 canecões daqueles juntos preparam cada jantar .. WOW!

    • Olá, Valente.
      Pensei na espiriteira, mas pelas tendências “explosivas” que tem rs, não é o primeiro item que eu recomendaria. Além disso, temos o adendo de transportar o álcool.

      O combo perfeito para uma cozinha portátil, ao meu ver, seria o caneco do tipo militar e o fogareiro para cantil – ambos vão encaixados junto em um só estojo, como podemos ver nesta imagem.

      Um abraço.

      • Whody! como diz o wordpress.
        Não quero vantar-me do passado quando “gerenciava” a vinda ao Brasil de grandes queimados todos jovens que em um momento de suas vidas sofreram queimaduras por …. alcool.
        Anos e anos de repetidas operações plásticas para tentar recompor um rosto.
        Portanto, não transporto álcool liquido, mas ambos sabemos que se encontra o álcool sólido quase pronto ao modo de espiriteira. Visto a sua foto me prometo ir ao mercado e encontrar para que possamos ter aqui uma foto explicativa, até que tenhamos os videos de como o CêMat recomenda o uso.
        Longa vida ao Autor deste blog e ao mesmo.

  4. Ora bolas… é preciso saber dar o justo peso á palavra: no caso “bater”. Como não se bate na faca? O problema está com o que se bate na faca.
    Sabe-se que a faca tem 4 lados. Se você “bater” nas laterias .. você arrisca a entortar ou até partir a lamina.
    O lado do gume…. você bate mesmo com ele no objeto a ser cortado. Usará a força do cotovelo e não a do punho, o que ja é diverso.
    Mas ha uma “ferramenta de campo”: o macete ! que pode ser feito ou de madeira, ou de ferro. O martelo de espeque é de borracha.
    Mas quiçà se a sua caixa de patrulha tem ambos? Macete pode ser feito em campo, basta que voce encontre um bom ramo, da grossura do seu punho e não maior do que ele. A cada punho o seu macete.
    Este post foi um “macete”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s